A Coletora Autônoma

Nos anos 1930, a austríaca Wanda Hanke viajou sozinha pela América do Sul para estudar populações indígenas.
Mariana Moraes de Oliveira Sombrio,
pesquisadora do Programa de Pós-graduação Interunidades em Museologia da USP, fala sobre a importância e história da etnógrafa que, sem apoio institucional, passou os últimos 25 anos de sua vida em florestas no interior da Argentina, Bolívia, Brasil e Paraguai.


Veja mais  da FAPESP no link abaixo