Serra Pelada

Serra Pelada.
Conhecido como Pedra Preta, Pedro Ângelo de Melo de 68 anos trabalha em Serra Pelada a 29 anos e não desiste de continuar garimpando na região.

Curionópolis, Pará, Brasil.
Foto Paulo Santos/
18/08/2009.

Serra Pelada.
Conhecido como Pedra Preta, Pedro ‚ngelo de Melo de 68 anos trabalha em Serra Pelada a 29 anos e n„o desiste de continuar garimpando na regi„o.
Com cerca de sete mil moradores , Serra Pelada, que chegou a ter mais de sessenta mil homens no auge do garimpo vive hoje uma situaÁ„o prec·ria. De acordo com Salustiano Santos, diretor social da Coomigasp – Cooperativa de MineraÁ„odos Garimpeiros de Serra Pelada o garimpo tem os maiores Ìndices de tuberculose e aids do Par·.
Cerca de 10 ·reas se mantÈm com trabalho de poucos garimpeiros as prÛximidades de antiga cava, que hoje alagada, mantÈm em suas ·guas resÌduos de merc˙rio que contaminaram toda regi„o. Uma sÈrie de conflitos jurÌdicos e polÌticos mantÈm fechada a exploraÁ„o na ·rea.
CurionÛpolis, Par·, Brasil.
Foto Paulo Santos/Interfoto
18/08/2009.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.