O Indulto dos condenados

Amair Feijoli da Cunha o Tato chega a uma residência no centro da cidade.
Clodoaldo Carlos Batista(co autor) e Amair Feijoli da Cunha o Tato(intermediário), ambos condenados respectivamente a 17 e 18 anos pela execução da missionária americana Dorothy Mae Stang, sairam às 8h deste sábado (9), do Centro de Recuperação do Coqueiro. Eles foram beneficiados pela saída temporária para o dia dos pais. Os dois progrediram de regime em janeiro e fevereiro deste ano, por já terem cumprido o regime fechado, passando para o semi-aberto.
Belém, Pará, Brasil.
09/08/2008
Foto Paulo Santos/Interfoto.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.