Pesca em Romana / Foto Paulo Santos

Pescadores retiram peixes da armadilha conhecida como curral durante a maré vazanteno litoral do Pará, na foz do rio Amazonas. Os pescadores chegam a capturar cerca de 200 quilos de pescado por dia entre: piramutabas, sardinhas, filhotes, pescada amarela, robalo e tainhas.
Curuçá·, Pará, Brasil.
Foto: Paulo Santos

Pescadores artesanais trabalham no litoral do Pará, onde a Amazônia encontra o mar utilizando o espinhel (armadilha com grande número de anzóis), na praia do Paxicú na Reserva Extrativista Marinha Mãe Grande de Curuçá situada no município de Curuçá (PA), na Região do Salgado, no nordeste do Pará, que abrange aproximadamente 37 mil hectares de estuário – região onde as águas de rios interagem com o oceano – e é povoada por famílias de cerca de seis mil pescadores, divididas em 49 pequenas comunidades instaladas em ilhas, furos, rios e praias da região
Curuça, Pará, Brasil
Foto Paulo Santos
02/2010

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.