Norte: no rabo da fila

Por Lúcio Flávio Pinto

O faturamento da agropecuária brasileira neste ano, até novembro, foi a segunda maior desde o início da série estatística, em 1990. Somando 523,6 bilhões de reais, ficou R$ 10 bilhões abaixo do valor alcançado em 2015, que foi de 533,1 bilhões. As lavouras tiveram um valor bruto da produção de R$ 340,6 bilhões, e a pecuária, R$ 183 bilhões, segundo os dados divulgados hoje pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Leia a notícia >> Norte: no rabo da fila | Lúcio Flávio Pinto

Gado - Fazenda para descanso de gado durante transporte para embarque ou abate, rod Pa 150 Mojú, Pará, Brasil. 11/11/2010. Foto Paulo Santos


Acervo H

Anúncios

A Precariedade do Trabalho na Amazônia

 João Meirelles Filho, diretor do Instituto Peabiru, publica análise sobre a relação entre as problemáticas socioeconômicas da Amazônia e o trabalho precário, que explicaria, em boa medida, a concentração de renda, o caos social, a atitude servilista-paternalista e o coronelismo político.

Veja em sua coluna na revista Página 22
Imagens (esquerda para direita) Pecuária,  garimpo do Juma,  garimpo no Xingu, Arco de Fogo, carvoariasUHE Belo Monte
Fotos Paulo Santos

A Procura dos Acusados

Um dia após o enterro da missionária americana Dorothy Mae Stang, assassinada em Anapú no Pará, agentes das polícias civil, federal e militar vasculham a região em busca dos criminosos.

Dorothy Stang06V030511©PS

Anapu, Pará, Brasil   Foto Paulo Santos  16/02/2005.

A Prisão dos Criminosos


Raifran das Neves Sales o Fogoió, Clodoaldo Carlos Batista conhecido como Eduardo e Amair Feijoli da Cunha, o Tato, são presos em Anapu e Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, se entrega em Altamira a comissão do senado que investiga a morte da freira e é trazido a Belém. 2005.

Anapu, Pará, Brasil.   Fotos prisão em Anapu por Cadu Gomes  21/02/2005

Belém, Pará, Brasil.   Fotos prisão Bida por Paulo Santos  27/03/2005

Ver mais  >>  A Prisão dos Criminosos

Morte em Anapu


No dia 12 de fevereiro de 2015 completou dez anos do brutal assassinato da missionária Dorothy Mae Stang, aos 73 anos de idade. Ela foi morta com seis tiros à queima roupa, um deles na cabeça, sem a mínima chance de defesa, no município de Anapu, oeste do Estado do Pará. Dos cinco homens julgados e condenados pelo crime, apenas um cumpre prisão em regime fechado, mas por outro homicídio, outros três respondem a sentença no semiaberto e um ainda não cumpriu a pena.

Anapu, Pará, Brasil.  Fotos Paulo Santos   02 / 2005
Ver mais  >>   Morte em Anapu

Amair Feijoli o Intermediário


Amair Feijoli da Cunha, o Tato, acusado de ser o intermediário no assassinato de Dorothy Stang é julgado e condenado a 18 anos de prisão. 2006

Belém, Pará, Brasil.  Fotos Paulo Santos  26/04/2006
Ver mais >>   Amair  Feijoli  o Intermediário

Indulto para os Condenados


Clodoaldo Carlos Batista (camisa azul) e Amair Feijoli da Cunha o Tato, ambos condenados respectivamente a 17 e 18 anos pela execução da missionária americana Dorothy Mae Stang, sairam às 8h deste sábado (9), do Centro de Recuperação do Coqueiro. Eles foram beneficiados pela saída temporária para o dia dos pais. Os dois progrediram de regime em janeiro e fevereiro deste ano, por já terem cumprido o regime fechado, passando para o semi-aberto. 2008

Belém, Pará, Brasil  Fotos: Paulo Santos   09/08/2008
Ver mais  >>  Indulto para os Condenados

Mandantes no Banco dos Réus


O fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, o “Taradão”, acusado de ser o principal mandante da morte da missionária Dorothy Stang, ocorrida na manhã de 12 fevereiro de 2005, em Anapu, enfrenta hoje o Tribunal do Júri no Fórum Criminal de Belém.

Belém Pará Brasil. Fotos Paulo Santos  30/04/2010
Ver mais >>  Mandantes no Banco dos Réus

BLOGH

É o ambiente de discussão para fotógrafos, jornalistas, educadores, estudantes e pesquisadores, que acreditam no conhecimento e na comunicação como bens de valor estratégico para o desenvolvimento sustentável na Amazônia, a maior reserva de vida do planeta.